Lifestyle

Como ser produtiva na quarentena: o que não te falaram sobre isso!

Como ser produtiva na quarentena: o que não te falaram sobre isso!

“Mesmo de longe

Você aí e eu aqui

Quando eu me cuido

Também cuido de ti”

(Francisco, el hombre & Luê)

Hey, Le Sophis lovers! Seja muitíssimo bem-vinda ao blog da Le Sophis. A quarentena é tempo, também, de se reinventar, não é mesmo? Então estamos aqui, cheias de novidades para vocês. E, hoje, precisamos falar sobre algo muito importante: como ser produtiva na quarentena.

Mas, já adiantamos que não é nada do que você está pensando! Não vamos compartilhar as dicas que você já sabe ou falar o quanto você tem que aproveitar bem o seu tempo para fazer 1001 coisas.

A forma que encontramos de te ajudar nesse momento, de nos conectarmos com você, foi o blog. Vamos falar sobre lifestyle, desabafos, dicas e muito mais. E, nada mais apropriado do que começar falando de um tema que tem gerado muita discussão: a produtividade na quarentena.

Muitos governos já se pronunciaram sobre a continuidade da quarentena e mantiveram a recomendação sobre o isolamento social. E como lidar com esse período? Como lidar com essa nova realidade?

Você está cansada, nós sabemos. No fundo, você está com medo. É, nós também sabemos.

Então bora falar sobre isso? Sente-se em um lugar confortável, pegue o seu café quentinho e vamos bater um papo. Vai ficar tudo bem!

Não consigo ser produtiva na quarentena, e agora?

produtividade na quarentena

A primeira coisa que você precisa pensar é: Por que você precisa ser tão produtiva na quarentena?

É preciso, em primeiro lugar, entender o contexto em que estamos vivendo. É uma situação inédita no país e no mundo. Ninguém sabe, ao certo, o que fazer ou como reagir a isso.

Praticamente todos os comércios estão fechados, precisamos ficar em casa e não podemos visitar nossos parentes ou sair com os nossos amigos. É impossível não sentir essa realidade – ainda que nas redes sociais pareça diferente -.

Ao abrir as redes sociais, o que encontramos? Pessoas praticando exercícios, fazendo vários cursos, aprendendo outras línguas, acordando cedo. E isso, provavelmente, te deixa mais angustiada.

Você até tenta seguir uma rotina regrada com várias tarefas. Mas, na hora “h”, você vê que não é tão simples assim. E a sensação? Um fracasso.

Mas, acalme-se! Está tudo bem não estar tudo bem.

A psicóloga Nathália Albano Fujioka comenta sobre a situação:

Muitas vezes a gente se obriga a fazer coisas que não gosta, que não nos fazem bem, porque consideramos ser o correto. Para a minha vizinha o certo pode ser acordar muito cedo, fazer exercícios e colocar mil tarefas no dia. Para mim, pode ser dormir até mais tarde, fazer o almoço com calma. O importante é cuidar da saúde mental e esperar a quarentena passar. Está tudo bem não gostar da quarentena, reclamar, falar que não está feliz ou que não sabe o que fazer com todo esse tempo livre. Isso faz parte. E está tudo bem.

Não se cobre tanto! Respeite o seu processo.

Não se preocupe em ser produtiva, se preocupe em estar bem.

Muita gente tem falado sobre a produtividade na quarentena. E está tudo bem não sair dela com 20 kg a menos, com mais 3 línguas e 15 cursos no currículo.

O que importa, nesse momento, é você se sentir bem. É cuidar da sua saúde mental. É lidar com a ansiedade.

A ansiedade, muitas vezes, está presente na nossa rotina e a gente nem percebe. Ela se manifesta naquela perna que não consegue parar, nas dores musculares – fruto da tensão -, na insônia, na falta de concentração.

Por isso, nesse momento, é importante que você esteja atenta aos sinais. Não se sinta mal por estar ansiosa. É totalmente compreensível nessa situação.

Para diminuir esse sentimento, você pode fazer algumas coisas:

  • Estabeleça uma lista de tarefas: comece com poucas coisas e tarefas simples, como fazer um almoço diferente, arrumar a cama ou passear com o seu pet. Ao cumprir essas coisas mais “simples”, você se sentirá muito bem. Aos poucos, você vai aumentando a lista de acordo com o que você precisa. E se você não conseguiu cumprir toda a lista, está tudo bem também. Não é uma obrigação, é algo para te guiar, apenas.
  • Não acompanhe todas as informações: é importante, sim, você seguir informada sobre o coronavírus, mas não fique 24 horas conectada nisso. Procure fontes confiáveis e menos sensacionalistas. Separe, por exemplo, uma hora por dia para acompanhar as notícias.
  • Divulgue notícias boas: já não é novidade que a gente vive uma era em que notícias ruins são 24 horas transmitidas. Que tal compartilhar notícias positivas? Isso, além de te deixar mais calma, ainda poderá acalmar outras pessoas.
  • Tente criar uma rotina: ainda que leve e flexível, tente criar uma rotina! A rotina deixa a gente menos ansiosa, já que, assim, a nossa mente se “reorganiza”. Isso também te ajuda a ter mais foco.
  • Cuide-se: e isso não significa apenas lavar as mãos, passar álcool em gel ou ficar em casa.

Dicas de autocuidado na quarentena

como lidar com a quarentena

Se você está há três dias sem pentear o cabelo, se arrumar ou trocar de roupa, precisamos mudar isso!

Pode parecer besteira, mas isso faz toda a diferença no seu estado emocional.  Então, antes de continuar a leitura das dicas, faça um favor a si mesma: deixe o artigo aqui, penteie e cabelo, se olhe no espelho, se presenteie com um sorriso e volte aqui. Vai lá!

Voltou? Como você se sentiu?

Agora, confira mais 5 dicas que preparamos com muito cuidado para você!

1.      Faça algo que você goste

Aproveite esse momento para fazer coisas que você gosta: assistir filmes, maratonar aquela série na Netflix ou então ler o livro que está empoeirado na sua estante.

Invista, também, em coisas que você sabe que gosta de fazer, mas que não conseguia fazer no dia a dia.

Ah, mas eu já assisti todo o catálogo da Netflix e estou cansada. Eu enjoei de fazer o que eu gosto. Perdeu a graça.

Tudo bem, isso é normal também. E o que fazer com isso? Ficar mal por que você não está sendo produtiva na quarentena? De jeito nenhum!

Aproveite para se (re)descobrir! Tente algo novo. Essa é uma ótima oportunidade para tentar coisas novas. Aproveite esse momento para se conhecer também. Sair da nossa zona de conforto, descobrir algum novo gosto pode ser uma experiência muito bacana!

autocuidado na quarentena

2.      Faça um spa day

Sim, autocuidado não é apenas sobre beleza. Mas, durante a quarentena, um spa day em casa pode te fazer muito bem!

Que tal tirar um dia para fazer um skin care, uma automassagem, lavar e hidratar o cabelo? E, se você quiser, fazer a sobrancelha, pintar as unhas. Tudo é válido!

Coloque uma roupa confortável e aproveite o seu dia! E de conforto a gente entende! Quer saber por que? Clique aqui.

Faça o que vai te deixar bem! Sem regras, sem julgamentos. Cuide de você mesma!

produtividade na quarentena

3.      Se movimente

Ok, você já deve estar cansada de ver a galera fazer exercícios e séries muito difíceis. Mas essas mesmas pessoas, em geral, já tinham uma rotina de treinos em casa.

Se esse não é o seu caso, não se sinta mal. Mas, por outro lado, não deixe de se movimentar. Isso é importante para o seu corpo e sua mente.

Coloque uma música que você goste e comece a dançar sozinha! Inclusive, nós, da Le Sophis, estamos criando uma playlist juntas! Deixe a sua sugestão aqui e nos ajude a construir uma playlist incrível!

Ou procure uma aula de yoga para iniciantes, por exemplo. A aula da Pri Leite é rápida, simples e perfeita para quem nunca praticou. E o melhor: está disponível, gratuitamente, no Youtube.

Também vale passear com o cachorro, mas lembre-se de tomar todos os cuidados e seguir as recomendações do Ministério da Saúde, ok?

4.      Converse com os amigos

Não tenha medo de conversar com aquela amiga distante da escola. Aproveite a internet, as vídeo-chamadas ou as ligações para se conectar com as pessoas.

Faça um café, combine um horário com alguém e fiquem conversando. Isso fará com que você se sinta menos sozinha.

Tem um grupo de amigas? Combinem um horário para uma vídeo-chamada!

Alguém que você gosta muito está fazendo aniversário e não pode comemorar? Que tal vocês organizarem uma “festa surpresa” online? Certamente, essa pessoa irá se surpreender.

Estreite laços. Antes, a gente sempre reclamava que não tinha tempo para sair com os amigos, ligar para aquele parente. Agora a gente tem! Então aproveite e se reconecte com as pessoas. Você irá se surpreender!

5.      Escreva uma carta a si mesmo

Que tal escrever uma carta a si mesmo? Você pode contar como está esse processo para a sua versão com 5 anos a mais ou então escrever uma carta para o seu “eu” criança.

Esse é um exercício muito legal porque nós retomamos as nossas trajetórias e lembramos quantas coisas legais nós já fizemos durante nossas vidas. Além de servir como exercício de autoconhecimento, também ajuda na autoestima.

não consigo ser produtiva na quarentena, e agora?

Conclusão: tudo bem não ser produtiva na quarentena.

Assim como está tudo bem não estar bem! Pense nisso:

A gente se acostumou a não ter tempo. É um sentimento estranho para todo mundo e lidar com essa nova realidade é um processo diário. (Nathalia Fujioka)

Então, um passo de cada vez, ok? Se você quer ser produtiva na quarentena, está tudo bem também. Mas, sempre no seu tempo. Respeite o seu processo!

Tem outras dicas de autocuidado ou de como lidar com essa quarentena? Está fazendo algo diferente? Deixe seu comentário! Estamos ansiosas para ouvi-las.

Um abraço apertado (virtual, por causa da quarentena) e até a próxima!

Comentários

Receba nossas Ofertas e Novidades